BitRss.com latest World Crypto News

Search and discover the latest Cryptocurrency updated Stories in Categories

24-7 World Cryptocurrency News about Blockchain, Technology and much more, only from Top Leading Sources

Binance, Claro e Tim brigam na Justiça em casos de roubo de dados de celular e criptomoedas

Binance, Claro e Tim brigam na Justiça em casos de roubo de dados de celular e criptomoedas
Vários casos de furtos de criptomoedas envolvendo operadoras de telefonia e corretoras cripto têm gerado um embate na Justiça entre os dois setores. Tim e Claro, por exemplo, acusam a Binance de  deixar brechas para golpistas, enquanto a corretora responsabiliza as operadoras. As informações são de reportagem do site Metrópoles .



De acordo com a matéria, vários casos se referem a celulares que foram clonados especificamente como parte de um plano para o roubo de criptomoeda das corretoras. No entanto, diz a publicação, ao avaliar os casos, o Judiciário tem decidido de formas divergentes.



Em fevereiro deste ano, conta o site, um cliente da Tim teve sua linha comprometida e o ladrão solicitou à Binance uma transferência de mais de R$ 3 mil em criptomoedas mediante uso de dados exportados do celular. A suposta vítima afirmou que a ação se fez após a corretora enviar um código de segurança ao criminoso.



Este procedimento, contudo, é comum na maioria das plataformas cripto. Isso porque, após a plataforma receber todas as informações necessárias do usuário, entende que se trata-se do titular da conta.



Mas em uma das ações na Justiça, descreve o site, a Tim sustentou que a Binance, assim como outras instituições financeiras, é leniente com a segurança das operações por visar mais ganhos e que a empresa cripto “deveria, sozinha, ser responsabilizada pelas perdas do investidor”.



Em um trecho de um processo que corre no Tribunal de Justiça de São Paulo que o Metrópoles obteve acesso, a defesa da Tim argumenta que a falta de mais segurança nas plataformas de criptomoedas decorre da priorização do “volume de negósios”. “Fica claro que privilegiam o volume de negócios, o lucro, em detrimento da segurança do usuário, pois sabem que, no saldo final, ganharão mais do que perderão”, diz



Neste caso, o TJSP entendeu que houve falha das duas empresas. De um lado, foi permitido que o usuário acessasse o serviço de um IP diferente; do outro, falha de segurança. A juíza Marcela Filus Coelho decidiu então com a “teoria do risco do negócio e” que “aquele que onde está o ganho, aí reside o encargo”.



Claro contra a Binance



Em um outro processo, que envolve a Binance e a Claro, uma pessoa alegou ter sido vítima do golpe conhecido como “ SIM Swap ”  — Nesta fraude, criminosos pedem a transferência do número de uma pessoa para um novo chip e passam a redefinir senhas para acessar contas e aplicativos. Ela pede R$ 206 mil de indenização por ter sofrido um prejuízo de cerca de R$ 38 mil em criptomoedas.



Neste caso, a defesa da Claro afirmou que a Binance deveria responder pelos fatos por conta da falha no sistema de segurança, conta o Metrópoles, que procurou a corretora para comentar os casos.



Conforme relata o site, a Binance disse que a segurança da plataforma é prioridade e que atua em total colaboração com as autoridades locais para coibir que pessoas mal intencionadas utilizem a plataforma. Disse também que realiza um trabalho permanente de educação e apoio aos usuários, incluindo melhores práticas de segurança.



Claro condenada



No início do ano, a Claro foi condenada a ressarcir um cliente que teve a sua reserva de bitcoin roubada após ser alvo do golpe “SIM Swap”.  No caso julgado pela 10ª Vara Cível de Brasília , os criminosos pediram a transferência do número da vítima para um chip SIM novo, solicitação que a empresa acolheu sem fazer maiores checagens.



Logo em seguida, as senhas das plataformas que a vítima utilizava para investir em criptomoedas foram alteradas e os criminosos conseguiram roubar o equivalente a R$ 41.690 em bitcoin.



Em sua defesa, a Claro disse que não havia como provar uma ligação entre a troca de chip e o sumiço dos bitcoins. Mas a juíza Monike de Araujo Cardoso Machado ressaltou que é “patente a responsabilidade” da empresa pelo prejuízo, “pois não forneceu a segurança que o consumidor esperava ao permitir que sua linha telefônica fosse extraviada, franqueando acesso aos seus aplicativos e sites”.



Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!
O post Binance, Claro e Tim brigam na Justiça em casos de roubo de dados de celular e criptomoedas apareceu primeiro em Portal do Bitcoin .

BitRss.com shares this Contents always with License.

Thank you for Share!

   
Tumblr
LinkedIn
Reddit
VK

WhatsApp
Telegram

Cool to know huh? Read the full Article

Read the full Article:  ⭲ Binance, Claro e Tim brigam na Justiça em casos de roubo de dados de celular e criptomoedas


Search about Crypto News


BITRSS | CRYPTOCURRENCY WORLD NEWS

The latest Top News, only from Leading exponents of BlockChain, Bitcoin and different Accredited Crypto Currency Sources.

Since 2015, our Mission was to Share, up-to-date, those News and Information we believe to represent in an Ethical and sincere manner the current Crypto Currencies World: everything you are looking for, in one place!

We have always tried to give priority to the News; for this reason we have designed BitRss.com simple and intuitive, usable by all Devices, fast and effective.


| LEARN MORE ABOUT |

Today Most Popular News



SneakPeek Script
Setup, Upload and Go!